“Dá a sensação que o discurso de Bruno Lage já não passa” Leave a comment

No dia seguinte à eliminação do Benfica da Liga Europa – empatou com Shakhtar, depois de perder a primeira mão dos 16 avos de final -, o antigo dirigente encarnado aponta a sinais de fim de ciclo

“Já há muito tempo que eu vi que nós precisamos de um treinador de outro nível. Quando vêm para o Benfica, os jogadores têm de ter um determinado nível, sobretudo em termos de personalidade, para aguentar a pressão que é exercida sobre eles. O mesmo se passa com os treinadores. Num clube tão grande como o Benfica, é importante que eles tenham uma tarimba e um suporte que aguente toda esta pressão”, afirma Gaspar Ramos no dia seguinte à eliminação do Benfica da Liga Europa.

“Dá a sensação que o discurso do treinador já não passa. Vimos o Shakhtar com movimentos dinâmicos que nós não temos. E não digo que não tenhamos jogadores que possam fazer isso. Alguma coisa se passa, o discurso não passa e a equipa começa a ficar descrente”, disse esta sexta-feira à Rádio Renascença.

O assunto vai e volta ao ritmo dos resultados, por isso Jorge Jesus e o regresso ao Benfica volta a estar no topo da atualidade desportiva. “É um bom treinador, isso não está em causa. Se gosto da personalidade dele para ser treinador do Benfica, não. No Benfica, onde cometeu muitos erros, independentemente de ter contratado muitos jogadores que acabaram por não ficar, ele soube escolher aqueles com que poderia fazer uma boa equipa e ganhar”, afirmou.

Gaspar Ramos teme pelo que resta da temporada, especialmente com o que pode fazer o Benfica na I Liga que lidera, ao cabo de 22 jornadas, com mais um ponto do que o FC Porto. “Se as tropas se reajustarem, talvez ainda seja possível salvar a época”, diz. “O jogo com o Moreirense pode ser preocupante, quando normalmente não devia ser. É preciso juntar as tropas, porque o campeonato pode também estar em risco”, acrescenta.

“Estamos numa situação em que até o campeonato pode estar em perigo. Viu-se em que patamar é que estamos, em Portugal. O Benfica pode ganhar o campeonato, mas mesmo assim é muito à justa”, finalizou.

Fonte: www.ojogo.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *