Fogo: Mergulhador morre na sequência de acidente com garrafas de mergulho durante faina pesqueira Leave a comment

Um mergulhador de 33 anos originário do porto de Ribeira da Barca, ilha de Santiago, faleceu na tarde de segunda-feira, 09, na sequência de um acidente com garrafa de mergulho durante actividade pesqueira.

A vítima que respondia pelo nome de Edinho Leal de Brito trabalhava no barco de pesca Edilson Mateus e o acidente aconteceu na manhã de segunda-feira tendo sido encaminhado para o hospital regional São Francisco de Assis, onde faleceu ao final da tarde.

O director do hospital, Evandro Monteiro, disse que o mergulhador teve “um acidente de descompressão, isto é um tromboembolismo de alvéolos de pulmão”, e deu entrada no hospital “instável, com pressão baixa, batimento cardíaco alto e em estado crítico”.

Após algumas horas no serviço de observação não resistiu e faleceu, segundo a mesma fonte.

As autoridades marítimas vão realizar um inquérito para se inteirarem se a vítima tinha autorização para o uso de garrafas de ar para mergulho e as circunstâncias em que o acidente aconteceu.

Uma fonte ligada às autoridades marítimas avançou à Inforpress que “em princípio” devia ter a licença para usar a garrafa, observando que o uso da garrafa é proibido por lei, mas para determinado tipo de pesca é autorizada o seu uso pelas autoridades marítimas.

fonte: Inforpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.